Cabelo na menopausa: conheça as características e como cuidar

Cabelo na menopausa: conheça as características e como cuidar

Você sabia que é comprovado cientificamente que perdemos de 50 a 100 fios de cabelo por dia? E que na menopausa esta estatística pode aumentar drasticamente a depender de fatores determinantes (como flutuações hormonais e cuidados específicos)? Sabia?

Desde que nasce, a vida da mulher já vem com os hormônios à flor da pele, como progesterona, ocitocina, estrogênio, entre outros. Apesar de importantíssimos para a saúde e funcionamento eficaz do organismo, eles provocam alterações no corpo e nas emoções (nos deixando mais vulneráveis às oscilações ou não).

Inclusive, são os hormônios que causam as transformações que resultam na menopausa. É por volta dos 50 anos que as mulheres não veem apenas fatores psicológicos sofrerem alterações, como também o corpo e a aparência do cabelo.

Saiba mais sobre esse processo natural e transformador que todas as mulheres passam e como lidar muito bem com o seu cabelo. 

Vem com a gente na leitura deste post!

 

O passar do tempo e as mudanças que nos transformam

Além das mudanças provocadas pelos hormônios que controlam o aparelho reprodutor feminino, viver nos traz uma série de benefícios positivos também: com o tempo, vem a maturidade, a experiência, as vivências e uma série de recordações dos momentos já vividos até então, não é verdade?

Por outro lado, o nosso corpo (que também já viveu muito), precisa se adaptar a uma nova realidade de transformações. E, para ajudá-lo, precisamos introduzir alguns hábitos e cuidar melhor de cada partezinha que nos constitui – a começar pelos nossos cabelos.

 

Alterações no cabelo

Quando a menopausa apresenta sinais de que vai chegar, o nosso corpo se prepara todo e a menstruação assume uma posição extremamente instável. Além disso, nessa faixa etária, lidamos com algumas falhas e diminuição de proteínas importantíssimas, como o colágeno, elastina e melanina.

Isto resulta em cabelos tendendo para tons brancos, mais frágeis, quebradiços, ressecados e com texturas que até então não eram usuais. E, com a redução da taxa de hormônios femininos, as mulheres podem ter como resultado a queda de cabelo.

Mas calma! Estas são consequências comuns que a maioria das mulheres entre 45 e 60 anos vivencia. Então, desde já, saiba que não está sozinha e que é possível introduzir hábitos para passar por este período da melhor forma possível.

 

Viva a menopausa com bons hábitos e de maneira mais consciente

Uma coisa é certa: as alterações hormonais vão chegar e, com elas, inúmeras transformações em nosso corpo.

O lado positivo é: se prepararmos muito bem o nosso organismo, as consequências serão bem mais brandas.

Antes de tudo, buscar sempre por se informar é o que vai proporcionar uma menopausa mais tranquila. Comecemos com três questões essenciais:

  • A espessura dos fios sofre alterações. Por quê? 

Resposta – Porque o cérebro entende que eles estão desprotegidos e precisam de uma “capa” ainda mais protetora.

  • Qual a consequência da falta de nutrientes no couro cabeludo proveniente de um organismo mais frágil? 

Resposta – Fios fracos.

  • Os fios tendem a ficar mais ralos. Por quê? 

Resposta – O cabelo fica ralo porque perde massa capilar. Se antes o normal era cada folículo piloso (por onde o cabelo nasce) produzir cerca de três fios, na menopausa a taxa cai para um.

 

Agora, saiba como cuidar de você e do seu cabelo na menopausa

Como prometemos, aqui vão dicas infalíveis. Não nos preocupamos somente com a saúde das suas madeixas, mas também como você está lidando com todas as mudanças 🙂

Como você nutre o seu corpo?

Apresentamos a vocês algumas palavras-chave do sucesso: água e alimentação balanceada.

Sim! Os nossos cabelos sentem as escolhas que são feitas com o nosso corpo e o tipo de alimento e vitamina que introduzimos, afinal, eles também se nutrem disso.

Por isso, priorize uma alimentação rica em proteínas, cálcio, magnésio, ferro e fibras – como ovos, feijão, proteína animal, aveia, linhaça, folhas escuras, entre outros.

Além disso, lembre-se de que água é vida e constitui todas as partes do corpo humano. Então não hesite em beber bastante água, ok?

Se quiser, introduzir chá de camomila também é uma decisão ótima, porque ele pode ajudar a controlar as oscilações naturais de humor 😊

Reponha o seu colágeno

Aos 25 anos, todo ser humano começa a produzir menos colágeno – o que assusta muitas pessoas devido à perda relativamente precoce.

Colágeno é uma proteína estruturante e constitui 30% de toda a massa proteica presente em nosso corpo. É fundamental para a elasticidade e rigidez da pele, para as fibras que constituem o nosso corpo e para a força e vitalidade de nossas unhas e cabelos.

É por isso que quanto antes começarmos a repor as taxas, melhor.

Conheça o Bombom da Beleza – responsável pela reposição de colágeno em nosso organismo, a fim de reduzir rugas, aumentar a elasticidade da pele, acelerar o crescimento do cabelo e o fortalecimento das unhas.

Bora movimentar esse corpo

Se te contarmos um fato surpreendente sobre o esporte, você nos promete que vai introduzi-lo em sua rotina?

Ouvimos um “siiiim”?!

Então aí vai: exercícios físicos estimulam a regeneração capilar, auxiliando na redução das consequências provocadas pela menopausa. Demais, né?

E vale de tudo! Musculação, corrida, caminhada, yoga… Só queremos ver esse esqueleto se mexendo!

O seu cabelo precisa de produtos feitos para a fase que ele está passando

Quando falamos sobre produtos específicos, estamos falando sobre shampoos e cremes hidratantes desenvolvidos para cabelos enfraquecidos e em fase mais aguda de envelhecimento.

Por isso, os produtos devem ter polímeros de colágeno, promover regeneração dos fios, garantir resistência às madeixas e couros cabeludos mais nutridos.

Uma dica de ouro é: no momento da hidratação, massageie bastante o couro cabeludo para mantê-lo relaxado e estimular o crescimento do cabelo.

Conheça a linha Socorro!, desenvolvida pela Clorofitum Cosméticos, que irá te auxiliar no tratamento antienvelhecimento e rejuvenescedor do seu cabelo

Estimule o seu cérebro

O processo de envelhecimento não é dos mais fáceis do mundo. Ainda bem que temos alternativas para distrair a cabeça, né?

Jogos interativos, como jogo da memória, são super indicados para as mulheres na menopausa devido à sua característica marcante de estar sempre estimulando o cérebro a memorizar e tomar decisões estratégicas e bem pensadas. Além de ser super legal!

Beba menos café

Esta pode ser uma notícia ruim para as viciadas em café, mas a substância presente na cafeína pode aumentar sintomas provenientes da ansiedade. Além disso, interfere no hormônio responsável por aliviar o estresse, o adenosina. 

Consulte o seu médico

Um dermatologista ou ginecologista pode te indicar e optar pela prescrição de alguma suplementação necessária que o seu corpo precisa. Em caso de dúvidas, eles podem ser acionados. 

Jamais deixe de se amar 

Este pode ser um período de profundas mudanças e transformações em nosso corpo e mente. Contudo, são as consequências de um corpo que envelhece e segue a rota natural da vida e dos hormônios que regulam as atividades do organismo. Esta fase só evidencia o quão experientes e preparadas estamos!

Por fim, sempre se lembre: todas as fases pelas quais passamos têm seus prós e contras, e devemos encontrar mecanismos para que possamos aproveitar ao máximo! Chegar à menopausa nos faz refletir todo o caminho percorrido até aqui: infância, adolescência, juventude e fase adulta. 

E que delícia de reflexão, né? 

Vamos continuar o nosso papo? Entre em contato com a gente 😊 

 

Com carinho,

Clorofitum. 

Escreva um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *