Caspa no cabelo? Entenda as causas e como deixá-la cada vez menos aparente

Caspa no cabelo? Entenda as causas e como deixá-la cada vez menos aparente

Se alguém gritar o nome “dermatite seborreica”, você saberia quem ou o que é? Não?! Então vamos te dar uma luz! Este é apenas um nome bonito e científico para a caspa que aparece em nossos cabelos, barbas e sobrancelhas.

Aquelas casquinhas brancas que coçam e nos incomodam não só podem afetar a saúde do couro cabeludo, como também a nossa autoestima. Afinal, parece que elas vão marcando a nossa roupa e os locais pelos quais passamos, né?

Aposto que agora você deve estar se perguntando se é possível evitar ou tratar dessa descamação tão indeseda. A resposta é SIM!

Vamos bater um papo sobre o assunto? Então continue aqui com a gente 😊

 

Vamos entender o que é e como a caspa surge

Caspa é o nome popular que se dá à dermatite seborreica. Apesar de incômoda, se trata de uma doença crônica bastante comum que afeta cerca de 2 milhões de pessoas por ano no Brasil, segundo dados do Hospital Israelita Albert Einstein, localizado na capital paulista.

Com esta informação, te tranquilizamos um pouco mais?

Além disso, ela pode aparecer nos mais diversos locais do corpo (principalmente onde as glândulas que liberam sebo imperam): cabelos, sobrancelhas, pálpebras, atrás das orelhas, entre outros.

Especificamente na região do cabelo, se configura como uma inflamação diagnosticada no couro cabeludo. Como resultado, identificamos muita coceira, irritação e uma descamação que pode ir de tons esbranquiçados a amarelados (a depender da gravidade da situação).

 

Possíveis causas

Especialistas e profissionais da beleza apontam que as causas podem ser das mais diversas, mas que a precisão do diagnóstico nem sempre é possível.

Por isso, vamos apontar algumas das principais causas:

  • Oleosidade excessiva do couro cabeludo;
  • Oscilações graves que afetam o humor, como estresse;
  • Acúmulo de produtos nos fios;
  • Higienização incorreta da região capilar;
  • Fatores genéticos;
  • Utilização excessiva de chapéus e bonés;
  • Água muito quente;
  • Utilização excessiva de secador na potência quente;
  • Tratamentos químicos que causam muita descamação;
  • Proliferação do fungo Pityrosporum ovale, que vive na pele.

Mas calma! Apesar de crônica, é super possível amenizar os efeitos e deixá-la cada vez menos aparente, viu?

 

Conheça o seu cabelo de verdade

Se você é uma leitora comprometida com o Blog da Clorofitum, ceeeertamente já leu sobre a importância de conhecermos muito bem o nosso cabelo, suas características e necessidades, certo?

Observação 1: como as causas da caspa são diversas, você precisa analisar e identificar o que vem intensificando a inflamação.

Observação 2: há o tipo de caspa seca, que apresenta poucos sinais e uma descamação bem fininha, e a oleosa, que é diagnosticada com um quadro mais grave e com mais sinais inflamatórios.

Agora sim estamos prontos para combatê-la e amenizar seus efeitos aparentes para que os nossos fios fiquem livres! 😊 

 

Prevenção e cuidados: lutando contra a inflamação

Felizmente, vivemos em um contexto tão globalizado e tecnológico que as inovações nos permitem encontrar soluções rápidas e desenvolver cosméticos que facilitam e melhoram a nossa vida.

E o nível de melhoria pode ir de 1 a 100 rapidinho. Quer ver só?

Shampoos anticaspas são tudo

Você precisa selecionar o seu queridinho nesse processo. 

Ele não só te ajudará na redução da caspa, como também promoverá uma higienização correta do couro cabeludo.

É gostoso, mas precisamos esquecer dele

Quem não gosta de tomar um banho bem quentinho para aliviar o estresse e esquecer do mundo por 10 minutinhos?

Nos dias que for lavar o cabelo, evite-o ao máximo, ok? Isto porque a água quente estimula a produção descontrolada de óleo pelas glândulas sebáceas.

Tira tuuudinho

Vamos contar uma coisa a vocês: couro cabeludo só gosta de máscara de tratamento e de shampoo na hora da lavagem. Depois disso, os produtos devem ser retirados por completo.

O resíduo pode ajudar o fungo Pityrosporum ovale a se proliferar e aumentar a caspa.

Comecemos pelo início

Se você realiza algum procedimento químico e está com inflamações muito aparentes da caspa, recomendamos que o interrompa por um tempo até que a situação esteja controlada.

Volte ao início e identifique as causas da sua caspa.

Umidade não!

O fungo ama se proliferar em um ambiente que facilita o seu desempenho. Cabelos úmidos são tudo o que eles procuram!

Por isso, seque muito bem os fios após cada lavagem.

Invista nos aliados certos

Além do shampoo específico que já comentamos anteriormente, reforçamos que a rotina de cuidados com as suas madeixas não pode parar. Para isso, encontrar produtos que aliviem a aparência da inflamação é essencial!

Opte por aqueles que são compostos por óleos naturais, ok?

Sustente muito bem essa estrutura

Sempre gostamos de ressaltar a importância do nosso corpo estar bem nutrido e cuidado, afinal, quando cuidamos dele, mantemos a base do nosso organismo fortalecido.

 

Com o tempo e seguindo estas dicas super especiais, você conseguirá identificar as causas da sua caspa e estabelecer qual é o melhor método para amenizar seus efeitos em seu couro cabeludo. Não se esqueça que o nosso corpo reage bem quando cuidamos bem dele 😊 

Tem mais dúvidas sobre cabelos? Te convidamos a ler o nosso artigo com a resposta de 18 perguntas que mais chegam até nós. Clique aqui e aproveite a leitura!

 

Com carinho, 

Clorofitum. 

Escreva um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *