Segredos para uma boa gestão de franquia

Segredos para uma boa gestão de franquia

Durante este ano de pandemia, nos deparamos com instabilidades e crises financeiras. O empreendedorismo passou a ser uma opção muito procurada para driblar necessidades e aproveitar oportunidades.

A boa gestão de franquia não é só o que mantém um negócio de pé, mas é também o empurrãozinho generoso que precisamos dar para fazer com que o investimento valha a pena!

Quando falamos em negócios home based então, é a gestão quem vai garantir que os custos baixos investidos e a administração diretamente de casa tragam resultados expressivos, adaptação ao cenário virtual, menos chances de mortalidade empresarial e um contexto super disruptivo e chamativo.

Afinal, quem não quer fazer parte do que traz tantos benefícios, né? Neste artigo, conversaremos sobre as boas práticas de uma gestão de sucesso.

Vem com a gente! 😊 

 

Por que o empreendedorismo tem crescido tanto?

Normalmente, quando enfrentamos momentos delicados e muito instáveis, procuramos nos reinventar aproveitando as oportunidades e driblando as necessidades.

Só de 2019 para cá, o número de microempreendedores individuais (MEIs) cresceu mais de 14%, alcançado 11 milhões de registros no Brasil.

E mais: impulsionado pela crise, o setor de empreendedorismo de micro e pequenas empresas cresceu tanto que hoje representa 30% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e 99% dos negócios privados do país, segundo dados do Governo Federal.

Então, não estamos falando só de investimentos mais assertivos, como de uma saída para superar períodos instáveis. 

Como a gestão de franquia ajudará o meu negócio?

Em poucas palavras, falando em administração de empresas, a gestão nada mais é do que o gerenciamento e planejamento de ações que buscam alcançar metas e concretizar objetivos.

Para o sucesso, é preciso incluir habilidades de: visão micro e macro, controle, monitoramento, planejamento, resiliência e organização.

Para isso, o mais importante é conhecer o que está sendo gerenciado – alinhando os pontos fortes e fracos, as flutuações financeiras e analisando sempre o cenário global do setor.

Nos casos da franquia do mercado da beleza, por se tratar de um mercado muito promissor, as tendências podem mudar e se inovar rapidamente. 

Portanto, a gestão nos impulsiona a ser líderes da nossa franquia, ter inteligência de mercado e ficar sempre de olho nos números (tanto das métricas que analisam o quanto a marca está sendo lembrada e requisitada, quanto das flutuações de caixa).

A palavra da vez é atenção. Cada passo e interação importam.

 

Vamos te contar segredos infalíveis!

Para tudo que é bem feito há de se ter um bom planejamento e muito gás para conhecer bem de pertinho a profundidade e imensidão da areia que se está pisando.

Se liga nos segredos para pisar em uma areia mais segura: 

1. Começar pelo começo é essencial

O primeiro passo é fazer um mapeamento do seu negócio. Entende-se que, antes de tudo, é preciso refletir sobre as expectativas com a franquia e elaborar um documento bem descritivo sobre o plano de negócio.

Além de incluir as ações, métricas, investimentos e ideias, o ideal é também atualizar o mapeamento de forma constante (seja diariamente, semanalmente e/ou mensalmente).

2. Conhecer bem onde você está pisando é importante 

Que mercado o seu negócio irá atingir? Quem é o público-alvo? Quem são os reais consumidores que investem e acreditam na marca?

Claro que, por ser uma franquia, o público já pode ser bem conhecido. Mas é essencial que o franqueado o conheça bem para traçar metas claras e elaborar um plano de comunicação personalizado.

3. Ser organizado é a chave principal

O primeiro passo para uma gestão mais organizada esmaga um erro muito comum entre empreendedores: misturar finanças e documentos da vida pessoal com a profissional.

Não faça isso! 

Crie uma conta profissional no banco, tenha pastas diferentes e armazene os produtos em um local separado dos seus itens pessoais.

Além disso, ser muito cuidadoso com a formulação dos documentos, com o plano financeiro, com os relatórios, equipamentos e estoques é o que fará a diferença.

Assim ficará muito mais fácil identificar o que entra e o que sai, e se o investimento está valendo a pena.

4. Analisar o seu ambiente interno e externo te deixa mais blindado

A análise SWOT, conhecida como FOFA em português, quando bem elaborada, funciona como um guia para a franquia.

Além dela dar respostas sobre toda a situação interna da empresa, avalia o macroambiente também (ou seja, os acontecimentos que não dependem de nós). Esta avaliação global inclui as forças, oportunidades, fraquezas e ameaças do negócio.

Em suma, ela fala sem medo sobre o que está indo bem e o que precisa melhorar para que as expectativas não sejam frustradas.

5. Seja o seu próprio gestor

Em uma franquia home based, como a oferecida pela Clorofitum para quem quer investir, normalmente não há contratação de colaboradores e todos os processos são executados pelo franqueado.

É por isto que, além de se tornar seu próprio gestor, administrador e assessor das ações tomadas, também é quem estabelecerá disciplina para manter as obrigações em dia, transmitirá segurança, será crítico e promoverá a autonomia necessária.

6. Faça avaliações constantes

Já ouviu a frase “o que não é medido não é mensurado”? Pois ela é uma verdade mais que verdadeira!

Só será possível saber se a sua franquia está caminhando bem se medir inúmeros parâmetros e resultados, como: métricas, qualidade do produto ofertado, agilidade operacional da entrega, percepção e satisfação do cliente, qualidade do atendimento prestado, indicadores de desempenho, faturamento, entre outros.

7. O aperfeiçoamento te leva além

Uma vez inserido no empreendedorismo e no mercado da beleza, todas as oportunidades de estudo e de aperfeiçoamento devem ser aproveitadas.

Não há gestão de franquia bem executada sem estudos de administração de empresas, vendas, marketing, finanças e produtividade, por exemplo.

8. Não se distanciar dos números já garante metade do caminho

Os números serão grandes monstros que nos assombram durante a noite somente se não nos tornarmos amigos deles.

E, como eles são super amigáveis, estabelecer essa amizade sincera fica super fácil: faça planilhas, controle o que entra e o que sai, analise o lucro, os prejuízos, os gastos fixos e as variáveis constantemente.

Observação: sempre comparando com as suas metas e expectativas traçadas no mapeamento do plano de negócio, claro.

9. Não se esqueça que você não está sozinho

Como franqueado, você detém o direito de imagem de uma marca e trabalha para atender seguindo o mesmo posicionamento e qualidade, certo? Ou seja, você também trabalha para uma Clorofitum melhor a cada dia!

Saiba que tem todo o suporte necessário do franqueador para te auxiliar e te ouvir – tanto para que você sempre se sinta bem-vindo e acolhido no negócio, quanto para mantermos o que os consumidores esperam de nós: qualidade, agilidade e inovação.

10. Pensar no futuro garante menos chances de falência

Por fim, jamais descuide do seu empreendimento e pense nele como se fosse uma pessoa querida que precisa crescer de maneira sustentável e promissora.

Elabore as próximas ações e se mantenha antenado nas inovações de um mercado concorrido.

Olha só quantos segredos e informações desvendamos aqui hoje… Este é só o começo da nossa parceria!

Uma boa gestão de franquia começa quando você decide dar o start 🙂

Quer saber mais sobre investimentos em uma franquia home based da Clorofitum? Entre em contato com a gente por aqui ou pelo direct

 

Leia também:
Franquias home based: invista com baixos custos e do conforto da sua casa
7 tendências que o mercado da beleza espera de nós
Por que investir em uma franquia de produtos de beleza?
Mercado, consumo e beleza: hábitos da pandemia que vieram para ficar

 

Com carinho,
Clorofitum.

Escreva um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *