Guia completo do cabelo cacheado: informações na palma da sua mão

Guia completo do cabelo cacheado: informações na palma da sua mão

Por décadas, os fios lisos foram sinônimo de beleza, padrão e, por consequência, os grandes queridinhos dos salões e das mulheres. Naqueles meados do século XXI, nos anos 2000, o que não sabíamos é que o cabelo cacheado ganharia força, destaque e seria super tendência.

Foi aos poucos que as informações foram surgindo, produtos específicos desenvolvidos e as donas das madeixas cacheadas foram sentindo firmeza e poder em mostrar toda aquela autenticidade ao mundo.

E esta é uma tendência tão comentada e que vem ganhando tantos adeptos que os buscadores virtuais registraram um aumento de mais de 300% nos últimos anos.

Para que a beleza das ondas esteja super viva e valorizada, os cuidados precisam ser certeiros! Neste post, você tem um verdadeiro guia dos cachos: com segredos, truques e atenções necessárias.

Bora nessa?

 

A revolução dos cachos realmente existe?

Se algum dia alguém te fizesse esta pergunta, qual seria a sua resposta? Pediria um tempo para pensar ou acredita que as palavras já estariam fresquinhas na ponta da língua?

Nós responderíamos que sim, ela existe, e passou por um boom muito importante.

Aconteceu quando, em meados dos anos 2000, as pessoas, principalmente as cacheadas e crespas, não se viam mais no padrão e seguindo a obrigatoriedade imposta de ter fios lisos.

Os anúncios, revistas e telenovelas não eram representativos e diversos o bastante. Por isso, a falta de informação de como cuidar de cabelos que tendem mais para o tipo 4 (crespo) era enorme.

Foi assim que, inconformadas e em busca de mais liberdade para poderem ser quem são, as mulheres fizeram barulho e movimentaram o mercado a falar mais sobre a diversidade de cabelos.

As mudanças foram tão representativas que o maior site de busca do mundo, o Google, registrou um aumento de mais de 300% nas buscas no Brasil durante os últimos anos .

Se observarmos mais detalhadamente, na maioria dos estados brasileiros, a procura por informações de cabelos cacheados fica acima dos 70% em comparação com os cabelos lisos.

Claaaaro que este fato não se deve à falta de amor aos lisos (até porque amamos e são lindos demais), mas à onda de diversidade e de inclusão que bateu forte em nosso peito!

Afinal, cada um tem o direito de ser e de mostrar ao mundo o que é, certo? 😊 

 

Mas peraí! Estamos falando exatamente de qual tipo de cabelo?

Com a indústria da beleza se especializando e inovando cada vez mais para atender as novas demandas e todos os tipos de madeixas, os fios receberam classificações e informações, e foram divididos em: liso, ondulado, cacheado e crespo.

O cabelo cacheado é classificado como sendo do tipo 3 e recebe três níveis: A, B e C (a depender da sua curvatura, características e necessidades específicas).

Estando entre o ondulado e o crespo, este é um tipo de cabelo que, quando bem finalizado, tem a definição e aspiração em S como pontos fortes.

Em contrapartida, quando não recebe os cuidados ideais e focados nele, tem o ressecamento e a falta de definição como pontos aparentes.

Vamos às definições:

3A – Este é o famoso cacho babyliss: muito definido, largo, solto e perfeito. Ainda possuem algumas características do liso, como a raiz, mas os cachos sempre estão presentes. Aqui os fios são bem finos.

3B – O volume e os cachos se tornam bem mais aparentes e fechados. A raiz não é mais tão lisa, os fios passam a ter grossura mediana e maior aspereza. Além disso, são mais secos.

3C – Aqui o fator encolhimento está mais do que presente: os cachos são extremamente fechadinhos e mega definidos. Os fios são bem secos e bem grudados uns aos outros.

Uma moça de cabelos cacheados segura três itens da linha Zero Poo.

Cintia Curly e a linha Zero Poo, para cabelos cacheados

Como cuidar muito bem dele?

O primeiro passo para cuidar muito bem do seu amado “cabelitcho” é conhecê-lo de verdade:

  • Ele é 3A, 3B ou 3C?
  • Quais produtos são desenvolvidos para ele?
  • Quais características apresentam?

Agora, conhecendo-o um pouco melhor, o segundo passo é determinar o cronograma capilar que melhor se encaixa às suas necessidades: devo priorizar hidratação, nutrição ou reconstrução?

Faça o teste de porosidade e descubra o cronograma ideal para os seus fios!

Já o terceiro passo é se atentar à maneira como as madeixas estão sendo lavadas e fazer escolhas certeiras de produtos!

Quer dicas?

  • Use e abuse de produtos leave-ins e ativadores de cachos
  • Utilize finalizadores antifrizz; 
  • Utilize hidratantes para amenizar o ressecamento;
  • Cremes e óleos são essenciais para manter o brilho e a força.

 

Quais são as principais técnicas de finalização de cabelo cacheado?

Vamos lá a um dos assuntos mais requisitados: maneiras de finalizar as madeixas!

Afinal, quem já não tem ciência de que a técnica utilizada e a maneira como é feita influencia diretamente no resultado e em como os cachos vão se comportar?

Dedoliss

Inspirada no babyliss, esta técnica promete (e cumpre!) definição apenas com o movimento circular dos dedos.

Com o cabelo ainda úmido, pegue mechas bem finas e vai enrolando os fios com os dedos até chegar ao cacho que deseja. 

Umectação

Esta técnica é super recomendada para deixar os fios menos ressecados e mais protegidos.

Utilizando um óleo vegetal, como o de argan, aplique-o diretamente no cabelo, mecha por mecha, e deixe agir por pelo menos duas horas.

Não se esqueça de também passar e massagear a raiz!

Fitagem

Chegamos à técnica queridinha! Se engana quem pensa que ela garante só definição: o combo vem com volume, vitalidade e balanço juntos.

Ela é muito simples: 

  • Separe o cabelo por mechas;
  • Utilizando o creme finalizador de sua preferência, enluve os fios fazendo movimentos firmes (como se estivesse penteando com as mãos);
  • Para moldar o cacho, amasse os fios com as duas mãos de forma suave, com um movimento em direção à raiz;
  • Repita os procedimentos em cada mechinha.

Prontinho! Escolha a melhor técnica para você e arrase!

 

Quais são os maiores mitos que dizem sobre os cachos?

“Cabelo cacheado dá mais trabalho que o liso”

Ele não dá mais trabalho. Só exige outras maneiras e técnicas de cuidar. Como o cabelo liso foi referência por muito tempo, muitas das informações sobre os cachos ficaram de lado.

Mas agora já estamos craques, né? 😊

“Cabelo cacheado demora um tempo enooorme para crescer”

Se bem cuidado e nutrido, ele cresce normalmente e em ritmo acelerado. O que dá a falsa impressão de que eles não cresçam muito é o “fator encolhimento”.

Com um tantão de molinhas cacheadinhas, temos a impressão de que os fios são menores do que realmente são.

Dá só uma esticadinha nele para ter certeza do seu real comprimento!

“As cacheadas não penteiam o cabelo”

Talvez esta seja uma das frases mais ouvidas! Muitas pessoas acreditam que para ter aqueles cachinhos sempre vivos, as cacheadas não penteiam os fios.

Mas acredite: além de pentear, passam muito tempo cuidando deles.

Acontece que, como se trata de um cabelo mais ressecado e que exige uma finalização bem reforçada, os cachos duram por mais tempo e não há necessidade de lavar e pentear todos os dias.

“Quanto mais creme aplicar, melhor será o efeito da finalização”

Por mais que estejamos falando de cabelos mais ressecados, o excesso de creme não traz uma aparência desejada. Pelo contrário, deixa os fios mais pesados, propensos à caspa e oleosidade.

Para que o efeito da finalização fique bem maravilhoso, a sua rotina de cuidados precisa estar em dia!

 

Aqui está o seu guia completinho para ter um cabelo cacheado dos sonhos e um day after de respeito. De longe será possível ver o brilho, a vida e a saúde dos seus fios!

Para ajudar ainda mais, te convidamos a conhecer a nossa linha de produtos pensada especialmente no seu tipo de cabelo: a Zero Poo Cachos, que trata e mantém cachos definidos dentro do seu cronograma de tratamento.

 

Com carinho,

Clorofitum.

1 Comentário

  • Lúcia Posted outubro 24, 2020 2:04 pm

    Dicas maravilhosa,estou colocando em prática e estou amando

Escreva um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *