Inverno e cabelo: cuidados, mitos e verdades

Inverno e cabelo: cuidados, mitos e verdades

Assim como nós e as fases da vida que passamos, cada estação do ano tem as suas peculiaridades e características marcantes. Há quem goste do sol escaldante do verão, das ruas floridas da primavera e das folhas que caem e da temperatura que não é nem fria nem quente no outono. Há também quem goste das temperaturas baixas e do excesso de chá que só o inverno nos proporciona.

Seja lá qual for a sua estação preferida, temos uma pergunta a lhe fazer: você sabia que o seu cabelo precisa de cuidados especiais e direcionados para cada uma das estações?

Se percebeu que no inverno suas madeixas ficam mais ressecadas e frágeis, significa que está na hora de preparar uma bebida quentinha e vir devorar este post junto com a gente!

 

A relação entre inverno e o nosso cabelo

Frio, baixa umidade, noites mais longas, dias mais curtos e o famoso “sol que só engana” são algumas das características marcantes desta estação do ano.

Devido às baixas temperaturas, naturalmente introduzimos hábitos que, a médio e longo prazo, podem se tornar extremamente prejudiciais aos fios, como água quente, muito secador e chapinha, hidratar menos o cabelo e prender quando ele ainda está úmido.

É por isso que separamos dicas, mitos e verdades para que os cuidados com os fios fiquem em dia (mesmo durante o frio).

 

Conheça 4 MITOS sobre os cuidados com o cabelo na época mais fria do ano

Surpreenda-se!

Shampoo seco substitui a lavagem por completo

Dependendo da região onde você mora, as temperaturas podem chegar perto de zero grau durante o inverno (sem falar da sensação térmica, claro!). Muitas vezes, quando a noite está muito perto de chegar, sentimos as nossas articulações até mais duras, não é verdade?

Entendemos perfeitamente que é muito melhor correr para debaixo da coberta do que ir lavar o cabelo com água morna ou fria. Mas, é preciso! A lavagem com shampoo a seco não é recomendada para ser incorporada à rotina, e sim para ocasiões pontuais.

Então, pegue o seu shampoo e vai na fé. Com o tempo, você perceberá como os seus fios estarão mais fortes.

Protetores térmicos para o cabelo são dispensáveis

Talvez você já tenha se perguntado: “se na maioria dos dias do inverno há somente frio e dias mais nublados, para que devo usar protetor térmico?”.

Mesmo que as temperaturas sejam mais amenas e o sol não seja tão perceptível, a incidência da luz solar continua sendo presente durante os nossos dias. Portanto, em grande escala, esta ação do sol continua agindo como um fator prejudicial na saúde dos nossos fios.

Dica Clorofitum: produtos leave-ins, de uso diário, já contêm protetor contra a luz do sol 😊

Cabelo molhado no inverno deixa os fios menos ressecados

Além de ser prejudicial à nossa saúde e nos deixar passíveis à gripe, sair de casa com o cabelo molhado não é recomendado devido a um fator primordial: as proteínas estruturantes, que estabelecem ligações internas, ficam mais fracas quando submetidas à muita umidade, tornando os fios mais frágeis e suscetíveis à quebra.

O tempo seco não danifica os fios

Apesar de ser uma característica natural e inevitável do inverno em muitas localidades do Brasil, o tempo seco “puxa” a umidade natural do cabelo. Se a umidade que ele precisa não for reposta, torna-se prejudicial.

A linha Ouro 24k da Clorofitum é uma grande aliada para dar força e brilho aos cabelos

Conheça 4 VERDADES sobre os cuidados com o cabelo na época mais fria do ano

Surpreenda-se!

Os fatores que promovem a queda ficam mais acentuados

No inverno, os nossos cabelos já estão propensos a ficar mais fragilizados. Agora, consegue imaginar se não cuidarmos deles?

Para além da fraqueza provocada pelas mudanças bruscas de temperatura, isto também acontece porque o couro cabeludo possui sensores de luminosidade que regulam o ritmo de crescimento de cada fio. Quando a luz que chega se torna mais escassa, o crescimento age da mesma maneira.

Para evitar a queda o máximo possível, é essencial manter uma rotina saudável de hidratação (uma vez por semana), higienizar o couro cabeludo e secar muito bem após a lavagem, afinal, como já dissemos anteriormente: fios úmidos só ficam ainda mais frágeis.

A oleosidade aumenta

Mais do que verdade. E sabe por quê? Para o pleno funcionamento das atividades do nosso organismo, um dos pré-requisitos é manter a temperatura corporal equilibrada.

Como no inverno a temperatura externa é mais fria, o nosso corpo despende mais energia para manter as atividades e o equilíbrio. Além disso, por consequência, lavamos menos vezes o cabelo – acumulando mais resíduos no couro cabeludo.

Isto causa uma maior transpiração e estimula a produção de óleo.

O excesso de água quente traz prejuízos

Quando as temperaturas estão mais baixas, tomar banho gelado se torna quase que um pesadelo, né? Mas a saúde do nosso cabelo agradece (e muito) quando o colocamos em contato com a água em temperaturas amenas.

A água quente, além de deixar os fios mais frágeis, deixa rastros de ressecamento e frizz.

Hidratação profunda: só assim para tempo seco e cabelo saudável darem match

A mudança de estação traz uma série de consequências, entre elas as características específicas. No inverno, devido ao tempo mais seco, as nossas madeixas perdem muito da sua hidratação e brilho naturais.

Mas, não se preocupe: tem solução (e o nome dela é hidratação!).

Uma máscara de hidratação, que não seja somente super recomendada, mas que atenda às características do seu cabelo, recupere a umidade, nutrientes e vitaminas que os fios precisam para passar por esse período com muito mais brilho e vitalidade, é a ideal.

Viu só como os nossos fios precisam de nós? 😊 Para não perder em saúde e beleza durante o inverno, previna-os e cuide deles em cada estação do ano, para que ele não deixe de brilhar por aí.

 

Com carinho,

Clorofitum.

Escreva um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *