Tipos de cabelo: identifique a curvatura dos seus fios e inove nos cuidados

Tipos de cabelo: identifique a curvatura dos seus fios e inove nos cuidados

Ai, que delícia! Falar sobre diversidade e os tipos de cabelo é muito bom! Temos mundos inteiros, bem específicos e com necessidades peculiares para desbravar e nos antenar ao que eles precisam para viver melhor.

Ao classificarmos os tipos por grupos, percebemos que em cada um é possível ver diferenças de curvatura e encontrar novas maneiras para cuidar e finalizar as mechas.

Você sabe qual é a curvatura do seu fio? Neste artigo, te ajudamos na identificação para explorá-lo ainda melhor 😊

 

A diversidade de cabelos que amamos

Há quem diga que só existem 2 tipos de cabelo. Quem nunca ouviu por aí que “ou é liso ou é cacheado”?

Acontece que este número é equivocado e exclui as demais classificações. Ao todo, existem 4 tipos de cabelos. Eles são divididos em subgrupos que se expressam em múltiplas curvaturas e texturas, e demandam necessidades específicas.

Os 4 grandes grupos são: lisos, ondulados, cacheados e crespos.

Agora, considerando a segunda classificação, com os subgrupos, deixamos o número menos genérico: o total sobe para 12.

Cada um dos 4 tipos listados acima ganha 3 seções, que são classificadas de acordo com a textura de cada tipo. O resultado fica assim:

  • Lisos (tipo 1) – A, B, C (texturas e curvaturas)
  • Ondulados (tipo 2) – A, B, C (texturas e curvaturas)
  • Cacheados (tipo 3) – A, B, C (texturas e curvaturas)
  • Crespos (tipo 4) – A, B, C (texturas e curvaturas)

Só com isso já podemos afirmar que, se quisermos conhecer mais dos nossos fios e sermos mais responsáveis nos quesitos atenção e cuidado, devemos ir muito mais além do que somente a classificação limitante do “ou é liso ou é cacheado”.

Como diria a cantora brasileira Gal Gosta, também reconhecemos que “cabelo vem lá de dentro. Cabelo é como pensamento”. E, por isso, é múltiplo e diverso. 

 

Como identifico a curvatura dos meus fios?

Vamos apresentar as características de cada um dos tipos citados acima e te ajudar nessa!

TIPO 1

O cabelo tipo 1 é extremamente liso e costuma ser bastante oleoso, já que a oleosidade atinge as pontas dos fios sem qualquer obstáculo.

1A – Este é o cabelo escorrido: extremamente liso, mais propenso a ser seboso e sem volume algum.

1B – Aqui os fios continuam bem oleosos, mas são mais grossos e o volume começa a dizer “oi, estou aqui”.

1C – Aqui os fios são beeeem grossos (muitos orientais têm este tipo de cabelo). Continuam lisos e propensos à oleosidade, mas são bem mais pesados e fáceis de modelar.

TIPO 2

O cabelo tipo 2 é um liso que continua propenso à oleosidade, mas tende para o ondulado (ou o famoso formato em S).

2A – Este cabelo ainda está bem próximo do liso, apesar da sua leve ondulação nas pontas. Não tem muito volume e o fio é fininho.

2B – Aqui o cabelo já está no meio do caminho entre o liso e o cacheado. O formato em S já é mais aparente, tende a ter mais frizz e os fios têm grossura mediana.

2C – É aqui que as ondulações ficam mais intensas, volumosas e os fios ganham um corpo mais pesado.

TIPO 3

O cabelo tipo 3 tem o formato em S bem definido, simétrico e passa a ser classificado como cacheado. Aqui os fios vão dos mais soltos até os mais apertados, quase chegando ao crespo. Além disso, tendem a ser mais secos.

3A – Este é o famoso cacho babyliss: muito definido, largo, solto e perfeito. Ainda possuem algumas características do liso, como a raiz, mas os cachos sempre estão presentes. Aqui os fios são bem finos.

3B – O volume e os cachos se tornam bem mais aparentes e fechados. A raiz não é mais tão lisa, os fios passam a ter grossura mediana e maior aspereza. Além disso, são mais secos.

3C – Aqui o fator encolhimento está mais do que presente: os cachos são extremamente fechadinhos e mega definidos. Os fios são bem secos e bem grudados uns aos outros.

TIPO 4

Finalmente chegamos aos crespos. O cabelo tipo 4 é crespo e é conhecido como afro. São fios extremamente secos, frágeis e volumosos.

4A – Aqui os cachos são tão estruturados, apertados e definidos, que eles começam da raiz e não se alteram nem quando molhados. Entretanto, são menos propensos ao volume e mais ressecados.

4B – Aqui o volume chega e marca presença, mesmo com os fios finos. Os cachinhos, apesar de bem encolhidos, são menos definidos e ressecados.

4C – Este é o cabelo que não tem forma e cachos definidos. Aqui o fator encolhimento, a fragilidade, o volume e a falta de definição ganham força. Além disso, são extremamente finos e secos.

Apresentadas as características, agora pare e analise o seu cabelo. Pegue em cada mexa e observe a curvatura predominante dos seus fios. Ela tende mais para o crespo ou para o liso? Como é a sua espessura e formato? Os fios são grossos ou finos?

 

Fim de jogo! Curvatura identificada!

Agora que você já identificou qual é o tipo do seu cabelo, com certeza vai conseguir cuidar muito melhor dele! 😊

 

Como cuidar muito bem dos diversos tipos de cabelos?

Com essas inúmeras possibilidades e mundos diferentes para arrasar com os nossos cabelos, é muito importante que saibamos que cada tipo de curvatura demanda cuidados específicos de nós.

Além disso, com esta definição, podemos identificar o corte que mais se adapta e os produtos que mais dão certo!

Bora saber sobre tudo isso?

PARA CABELOS TIPO 1
  • Utilize produtos desenvolvidos para cabelos oleosos;
  • Os hidratantes e condicionadores devem ser utilizados apenas nas pontas; 
  • O condicionador não deve ser denso;
  • Previna as pontas duplas com o produto certo;
  • As lavagens devem ser constantes devido ao excesso de oleosidade.
PARA CABELOS TIPO 2
  • Substitua os cremes por mousses e géis;
  • Utilize finalizadores antifrizz;
  • Caso queira um cacho um pouco mais definido, invista em um ativador de cachos bem ameno. 
PARA CABELOS TIPO 3
  • Use e abuse de produtos leave-ins e ativadores de cachos
  • Utilize finalizadores antifrizz; 
  • Utilize hidratantes para amenizar o ressecamento;
  • Cremes e óleos são essenciais para manter o brilho e a força.
PARA CABELOS TIPO 4
  • Hidratação é a palavra de ordem;
  • Não o lave todos os dias: é importante para que as vitaminas e o pouco de oleosidade natural sejam mantidas por mais tempo;
  • Invista em óleos naturais, como o de coco e argan, para selar todos os cuidados e manter a hidratação nos fios.

 

A pergunta que muitos nos fazem

“É possível ter mais de um tipo de cabelo?”.

A resposta é SIM! A diversidade existe até mesmo no nosso próprio cabelo. Ao nascer cachinhos mais fechados ou abertos, um liso tendendo mais para o ondulado ou uns fios crespos mais abertos, percebemos que os tipos de cabelos podem sofrer alterações ao longo do tempo.

Mas atenção: há sempre um tipo que se sobressai, marca os traços das suas mechas e determina o tipo de cuidado necessário.

 

Como amamos falar sobre os tipos de cabelo com vocês! Além da oportunidade de conhecer mais sobre toda essa diversidade, aprendemos e nos aperfeiçoamos no quesito cuidados com os fios!

Gostaram do post ou ficaram com alguma dúvida? Nos deixem saber! É só nos chamar no chat!

 

Com carinho,

Clorofitum.

Escreva um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *